Francisco Maia & Associados
   

Condomínio multifuncional

Se refletirmos quais as condições básicas oferecidas por um lugar para as pessoas se estabelecerem, as respostas podem conter muitas palavras diferentes, mas é provável que boa parte delas possam ser agregadas no tripé “moradia, trabalho e lazer”, embora, como não podemos ignorar os traços de nossa sociedade no século XXI, acrescentemos o conceito de consumo, então, se um condomínio puder conter esses quatro pontos, trazendo conforto e comodidade para seus clientes, teremos um condomínio multifuncional. 

O Brasil inaugurou sua tradição no quesito condomínio há cerca de três décadas, quando empreendimentos neste sentido brotaram com rapidez assustadora, desde as metrópoles tupiniquins até alguns de nossos muitos recantos interioranos, no entanto, quando o assunto em questão é a convergência nos espaços condominiais, o país vivencia suas primeiras experiências, sendo inaugurado, no ano de 2008, em São Paulo, o “Parque Cidade Jardim”.

O local agrega nove prédios residenciais e três comerciais, em um ambiente arborizado, com serviços oferecidos e que conta, ainda, com um imponente e luxuoso shopping center, exclusivo aos moradores, cujas áreas privativas dos apartamentos residenciais variam entre 236 a 1300 m², e os valores iniciam-se na casa dos R$ 2 milhões, mas podem superar os R$ 17 milhões.

O maior benefício exaltado pelos construtores e residentes é a tranquilidade, conquistada em duas frentes, a primeira, por ser um condomínio com comércio, não é precisar sair para as ruas constantemente, proporcionando uma maior segurança, já que o fluxo de pessoas torna-se controlado, e a segunda, consequência da primeira, é a diminuição do uso dos automóveis, o que em uma grande cidade, especialmente para os paulistanos, é uma imensa vantagem, e, em alguns casos, os moradores também poderão trabalhar dentro do condomínio, em algum dos escritórios dos três edifícios comerciais.

No entanto, viver em um lugar assim traz alguns problemas claros, uma vez que o morador fica em um ambiente fechado, isolado do resto da cidade, o que faz com que a rotina se torna um problema, além do que, confiar a maioria das suas necessidades a um conjunto comercial fixamente, assim como boa parte de suas opções de lazer, é uma medida difícil, sem falar nas companhias frequentes, de mesmo nível social e padrões, o que é apenas uma das muitas facetas da perda gradativa dos recursos totais de uma vida urbana.

A presença de um Shopping Center como um dos grandes atrativos do local ajuda a revelar a restrição das ofertas de uma metrópole de forma simplória, uma tendência não gerada por empreendimentos neste sentido, mas, sim, escancarados, portanto, cabe ao interessado pesar os pós e contras, afinal, certamente, após se adquirir um imóvel em um condomínio como este, sua vida não será mais a mesma, em todos os sentidos, e certamente, poderão surgir os extremos, bem do estilo do amar ou odiar.

 

Belo Horizonte
Rua Congonhas, 494 -Santo Antonio
CEP 30330-100 Telefone: (31)3281.4030
email: geral@precisaoconsultoria.com.br